eptpporto
Dia do Livro

A 23 de abril, comemoramos mais um Dia Mundial do Livro e do Autor, uma iniciativa da UNESCO que, desde 1995, presta homenagem à Literatura Mundial.

Este ano, porque não podemos encontrar-nos para trocar uma rosa por um livro, como acontece em tantos lugares nesta data, as Bibliotecas Municipais do Porto vêm desafiá-lo a quebrar tradições!

Quantas vezes não teremos já ouvido falar dos tesouros da Biblioteca Pública Municipal do Porto?

E se tivesse a oportunidade de conhecer alguns deles?

Neste dia tão representativo, convidamo-lo a visitar a BPMP Digit@l e a conhecer alguns dos mais representativos documentos das nossas coleções.

Das inúmeras raridades, como são o Roteiro da Primeira Viagem de Vasco da Gama à Índia ou o códice Razão do Estado do Brasil, às diversas curiosidades das letras, artes e ciências, entre as quais se contam o Alphabeto portuguez ou novo methodo para aprender a ler, a Choregraphie o arte para saber danzar todas suertes de danzas ou o Tractado anatómico dos ossos, vasos lymphaticos e glândulas

Das coleções de postais ilustrados antigos, aos espólios literários de António Nobre e de Teixeira de Pascoaes e aos periódicos portuenses Revista d’HojeGazeta literária.

Venha descobrir tudo o que temos para si, a partir da página web das Bibliotecas Municipais do Porto, no Separador Serviços – Biblioteca Digital.

Também poderá explorar as coleções a partir do Catálogo Público de Acesso em Linha, no Separador Biblioteca Digital.

Celebre este dia connosco!

Contamos consigo!

Projeto REPARA

#somoseptpp uma escola inclusiva e preocupada com temáticas emergentes!

Obrigada Pedro e Leonor por trazerem o tema da igualdade de género à reflexão.

Uma atividade enquadrada no Projeto REPARA e nas ações de Educação para a Cidadania.

Se quiseres compreender melhor estas questões fala connosco! No CRE da EPTPP encontras os materiais apresentados!

EPTPP faculta computadores aos seus alunos

Considerando a situação epidemiológica do novo coronavírus – COVID 19 em Portugal, o XXII Governo Constitucional decidiu suspender todas as atividades letivas e não letivas presenciais em todos os estabelecimentos de ensino no território nacional. 

Partindo deste pressuposto, houve necessidade de se efetuar um diagnóstico de situação dos recursos informáticos dos alunos. Este diagnóstico foi efetuado através do preenchimento de um inquérito por questionário no qual obtivemos um total de 113 respostas, sendo que 85,8% correspondem ao gênero feminino e 14,2% ao gênero masculino. Dos inquiridos, 92% tinham acesso a equipamento tecnológico necessário à participação nas aulas em modalidade e-learning e apenas 8% não dispunham das condições necessárias para participarem nas aulas em e-learning. A escola, junto dos parceiros e da comunidade educativa, uniu esforços para garantir, no arranque do terceiro período, as condições necessárias à participação dos alunos sem recursos tecnológicos.

Fica a imagem de mais uma aluna feliz a trabalhar em casa com os equipamentos facultados pela Escola.